Loading

Mara Santos

Cégada 2021

Quem me dera ser Camões

E ter por inspiração

Feitos que saciaram gerações

De orgulho na sua nação


Mas no Portugal que morre

Cada dia um pouco mais

Nem a Nazaré socorre

Os seus mil carnavais


Bastou um dito e mil ditadores

Para ficar tudo do avesso

A saúde, arma dos opressores

É liberdade perdida sem preço


Perseguidos os despertos

Cientistas providos do seu saber

São silenciados os certos

Não se vive com medo de morrer


As notícias só inventam

Horror e drama... que tragédia!

Mais que os que se lamentam

São os que rotulam a enciclopédia


De "conspirações"

Estão os "negacionistas" cheios

Até a mais analfabeta das profissões

Castiga médicos sem rodeios


Já outros são como estrelas de cinema

Nas entrevistas, quais cogumelos envenenados

Os holofotes só têm um dilema:

O monumento que serve de cenário a tais atentados


Bonecos em reportagens

Hospitais e macas vazias

São manipuladas as imagens

Que toldam os nossos dias


Bónus aos "únicos" heróis

Soberbos com tamanhos direitos

Nem conhecem polifenóis

E descartam os seus efeitos


Polícia na rua

Impede-te de circular

A máscara esconde-te a cara nua

E tens que a usar


Trabalhar é proibido

Excepto no computador

Mas poluir não é impedido

Quanto mais melhor!


Nem escola nem artistas

Nem sequer um café

Se queres dar nas vistas

Levanta-te, põe-te em pé!


Aí serás denunciado

Pelo teu invejoso vizinho

Que te quer detido ou multado

Por não viveres sozinho


Tudo por um vírus

Tão natural que ele é

Quase andam aos tiros

Por a natureza ser como é


E se queres voltar à vida

Tens que levar a vacina

Feita de forma assertiva

Para ser assassina


Um certificado para viajar

Trabalhar ou comprar

É melhor recusar

Antes que te vá enganar


E se tu soubesses

Que o teu viroma está no DNA?

8% de vírus... és o tu que desconheces

Por que não te foi apresentado já?


Em gabinetes concretos

Alheios à alma lusitana

Regras e decretos

Desafiam a ordem urbana


Abuso de poder

De quem nem eleições ganhou

Se isto não te faz desobedecer

Faz de conta que ainda nem começou...


https://youtu.be/6ofYpiRI3LA